Caminhar
Buy on iTunes
João Pires — Caminhar
Release date : 17. 06, 2013
Label : edição de autor
Tracklist:
  1. A Barca (João Pires)
  2. Batuku I ( João Pires/ Brisa Marques)
  3. Caminhar ( João Pires/ Brisa Marques)
  4. Mazurka (João Pires)
  5. Navega ( João Pires/ Brisa Marques)
  6. Fé (Um Pedaço) ( João Pires/ Hélder Quiroga)
  7. Picadeiro ( João Pires/ Brisa Marques)
  8. Xaile (Fado Valsa) ( João Pires/ Brisa Marques)
  9. Batuku II ( João Pires/ Brisa Marques/José Luis Braga)
  10. Estrela ( João Pires)

Descrição

“Caminhar é partir de um ponto, iniciar um movimento e seguir. Continuar é atravessar pontes, tropeçar em pedras, subir e descer ladeiras, sonhar o impossível. Ouvir o mar… útero do universo. Transformar a poeira em vida, em poeira, a vida. Viajemos então, desequilibrados como palhaços numa corda bamba, desejosos de pôr do sol e fé. Quem se deixa levar pelo vento, sabe. Alguns carregam a arte na alma. negra, mulata, branca, moura, flamenca, portuguesa, africana, brasileira, instante, infinita, violão. E por que não, tudo isso João?”

Brisa Marques

Ficha Técnica

Produzido e dirigido por João Pires com os músicos:

PORTUGAL: Francesco Valente ( Contrabaixo), Luís Bastos  (clarinete), Marcelo Araújo ( Bateria), Pedro Paz (Voz),

Xafu ( Programações elétronicas),

CABOVERDE: Jon Luz (cavaquinho, braguesa,  chocalhos)

BRASIL: Marcos Suzano, Mateus Bahiense, Milagros Vasquez, Fábio Feriado, Poliana Tuchia ( Percussões)

Vinicius Ribeiro ( Baixo Acústico), Yuri Vellasco ( Bateria, Piano), Pablo Souza ( Contrabaixo), Nath Rodrigues ( Violino), Thiago Mundim( Baixo Elétrico).

LETRAS:

Faixas 2, 3, 5, 7 e 8: Brisa Marques

Faixa 6:  Hélder Quiroga

Faixa 9: Brisa Marques e José Luis Braga

Gravado entre 2011 e 2012: nos estúdios Golden Pony, Lisboa, Portugal e no Estúdio Locomotiva, Belo Horizonte, Brasil

Mixado e masterizado por Pedro Rios no Estúdio Locomotiva

 

Site: José Seixas

Projeto gráfico & fotos: Flora Rajão
Produção executiva: Miguel Marau

Agradecimentos

Ao Pedro Rios pela viagem sonora, paciência e delicadeza.

À Brisa Marques pelas palavras, energia e musicalidade… este disco também é teu!

A todos os músicos envolvidos neste disco, que enriqueceram e (de que maneira!) o “caminhar”…

Mateus Bahiense, Juninho, Marcos Suzano, Milagros por esse pulsar!

Pedro Paz, José Luis Braga e Luiz Gabriel Lopes por darem voz a este disco.

Flora Rajão pela arte… quanta arte!

Aos compadres Pedro Borges, Miguel Marau, André Xina, José Seixas, Cinco, Linda, Manuel, Joana, Renato, Jójó, Cobra, Indira, Picão, Maria, Ricardo Gouveia, Tejo bar e sua comunidade Susana, Múcio, Jon Luz, Ricardo Ribeiro, Pedro Godinho, Janeca, Marcelo Araújo, Francesco pelas inspirações lusitanas…

Voginha, Bau e Paulino Vieira por me abrirem as portas em Cabo Verde!

À família Belo Horizontina Vitor Santana, Laura Lopes, Thiakov, Vinicius, Vô, Flávia Mafra, Yuri, Marcelinho, Marquinhos, Jana, Oleives, Hélder, Pablo Castro, Zé Lu, Tarley…

Dina, Marta e Carlos (devo-te o vício musical)!

Pauletas, Cristina, Vitor, Ana Isabel…

Alcina e José por tudo… que é o tudo mesmo!

Horácio e Agostinho, onde quer que estejam sei que o escutam, assim como eu vos escuto.

À Poliana e “esse” novo ser que chega, pela leveza e amor nos meus passos e nos meus caminhos.

caminhemos…

Bem hajam!

JOÃO PIRES